O Promundo-Europa lançou no dia 19 de Março, dia do Pai em Portugal, a Campanha “Eu sou pai”, a adaptação portuguesa da campanha global MenCare, coordenada pelo Promundo e pela Sonke Gender Justice Network.

Através da distribuição de uma coleção de três postais em centros de saúde, hospitais e maternidades da cidade de Coimbra, a Campanha pretende sensibilizar a população para a importância do envolvimento igualitário e não-violento dos pais, ou outros homens com crianças a seu cargo, nas tarefas de cuidado, procurando ajudar a contribuir para um maior bem-estar familiar e uma crescente igualdade de gênero.

Cada postal, que pode funcionar também como marcador de livro, inclui em cada um deles, uma frase que desafia o senso comum e uma infografia a mostrar a legislação sobre a licença de paternidade, os benefícios de uma paternidade comprometida ou ainda a evolução positiva do gozo da licença de paternidade em Portugal.

Entre os parceiros da Campanha “Eu sou Pai” contam-se o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES), a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Dr. Ângelo da Fonseca (ESENFC), o Movimento Internacional de Mulheres GRAAL e a ONG-IPSS Saúde em Português.

Em parceria com a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, o Promundo-Europa está também, no âmbito da Campanha “eu sou Pai”, a adaptar o Manual do Programa P ao contexto português e tem previstas oficinas também nesse âmbito com profissionais de saúde da zona centro.

O objectivo último desta campanha é promover paternidades não-violentas, cuidadoras e promotoras da igualdade de género por forma a atingir o bem-estar no seio das famílias, a igualdade de gênero e justiça social.